Downloads

Confira nessa seção um apanhado de documentos técnicos que criei para auxiliar futuros aventureiros e caminhantes da Estrada Real. Se precisar de informações mais detalhadas, será um prazer ajudá-lo! Fale comigo em minha página de contato.

Lista de Equipamentos

Relação dos equipamentos utilizados e descartados em formato de lista. Arquivo formato <pdf>.

Planejamento: Previsto

Planejamento prévio para toda a caminhada, considerando a extensão entre os locais, a extensão diária percorrida, dia da caminhada, dia da semana e dia do mês.

As distâncias foram obtidas nas planilhas do Instituto Estrada Real, versão 2014. Não foram incluídas aqui as distâncias corrigidas com a reedição dos tracklogs (poligonais aberta) compatíveis para receptores GPS, considerando o deslocamento urbano entre um marco “ré” e “vante” nas cidades de porte médio.

Planejamento: Realizado

Notas de navegação.

Trilha Estrada Real para GPS

Arquivo compatível com receptores de GPS de navegação e editável no programa GPS Trackmaker <http://www.trackmaker.com/> ou similar.

O arquivo foi obtido no site do Instituto Estrada Real e realizado uma melhora no traçado geométrico da poligonal aberta, tais como em algumas curvas.

A edição mais significativa, foi a melhora do traçado urbano entre um marco ER de chegada (ré) e um marco ER de partida (vante) em uma cidade de porte médio.

Para exemplificar, a cidade de Congonhas, possui os marcos em extremidades. O viajante que chega de bike, jipe, moto ou a cavalo tem a possibilidade de não se cansar tanto com o fato de “estar perdido” na cidade. Como caminhante, não queria tal problema para mim. Assim, melhorei o desenho, passando pelas ruas/avenidas principais e conectando a alguns pontos turísticos, quando possível.

 

Trilha Estrada Real para Google Earth

Arquivo compatível para o Google Earth.

O arquivo foi obtido no site do Instituto Estrada Real e realizado uma melhora no traçado geométrico da poligonal aberta, tais como em algumas curvas.

A edição mais significativa, foi a melhora do traçado urbano entre um marco ER de chegada (ré) e um marco ER de partida (vante) em uma cidade de porte médio.

Para exemplificar, a cidade de Congonhas, possui os marcos em extremidades. O viajante que chega de bike, jipe, moto ou a cavalo tem a possibilidade de não se cansar tanto com o fato de “estar perdido” na cidade. Como caminhante, não queria tal problema para mim. Assim, melhorei o desenho, passando pelas ruas/avenidas principais e conectando a alguns pontos turísticos, quando possível.

Passaporte ER: solicitação

Protocolo de solicitação do passaporte da ER, realizado no site do Instituto Estrada Real.

Passaporte ER: identificação

Identificação do viajante.

Passaporte ER: carimbos

Carimbos do Caminho dos Diamantes e do Caminho Velho, Estrada Real. Realizado entre Setembro a Novembro de 2014.

Custos: diários e por itens

Custos diários descritivo e por localidades. Caminho dos Diamantes e Caminho Velho. Realizado entre Setembro e Novembro de 2014.

Custos: sumarizados

Custo sumarizado da viagem, categorizado por Alimentação, Hospedagem, Farmácia, Transporte, etc. Custos pertinentes as despesas no Caminho dos Diamantes e Caminho Velho, realizado entre Setembro a Novembro de 2014.

Os itens que mais pesam: Hospedagem e Alimentação.

 

Conduta nutricional

Realizei uma consulta com uma nutricionista desportiva em João Pessoa. Deixo aqui como experiência para mostrar um pouco a ausência de percepção de realidades dos brasileiros para com o Brasil.

A nutricionista indicou carne magra (frango, peixe) e arroz integral . Estava no meio do interior de Minas Gerais onde o que mais se encontrava era feijão tropeiro.

A dica profissional dela foi extremamente válida para os suplementos alimentares.

Certificado: Caminho dos Diamantes

Certificado: Caminho Velho